BRASÍLIA - O Diário Oficial da União desta sexta-feira publica o edital do leilão para a contratação da energia elétrica gerada pela Usina Hidrelétrica (UHE) de Belo Monte, localizada no Rio Xingu, no Pará (PA). O leilão será realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em 20 de abril, por sistema eletrônico, em Brasília.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561854095&_c_=MiGComponente_C

O edital, o cronograma e outros documentos referentes ao leilão estarão disponíveis no site a partir de hoje. Parte da operacionalização será feita pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

O valor do investimento para a construção foi estimado em R$ 19 bilhões. A Usina de Belo Monte terá capacidade instalada de 11.233,1 megawatts (MW), com geração de 4.571 MW médios de garantia física.

O governo já adiou a licitação por três vezes. Em dezembro, a primeira tentativa foi adiada porque o empreendimento não havia recebido a licença do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Uma revisão dos custos da obra, feita pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), atrasou mais uma vez a licitação, que estava marcada para o dia 12 de abril.

Na quarta-feira, o Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou os valores revistos do total da obra e do preço-teto para a tarifa da energia da hidrelétrica. O empreendimento agora está orçado em R$ 19 bilhões e o preço máximo para a energia deverá ser de R$ 83 por MW/hora.

Leia mais sobre: Belo Monte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.