Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo prepara programa para trocar geladeiras

O governo federal decidiu que irá trocar 10 milhões de geladeiras antigas, fabricadas antes de 2001, ainda em uso no Brasil, nos próximos 10 anos. O programa, que ainda não data para ser lançado oficialmente, foi discutido ontem à noite no Palácio do Planalto por oito ministros e foi aceito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Agência Estado |

Falta, no entanto, o principal: a definição das fontes de financiamento.

Por enquanto, o governo tem recursos garantidos para a troca - ou compra, no caso de famílias que ainda não tenham geladeiras - de 150 mil eletrodomésticos para a população de baixíssima renda. A verba viria do Fundo de Eficiência Energética (FEE), equivalente a 0,5% da conta de luz, uma taxa que já é descontada atualmente. O dinheiro é administrado pelas concessionárias de energia elétrica para uso em programas similares, mas pouco aplicado.

De acordo com o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, falta definir o valor e a forma de financiamento para as famílias - tanto para diminuir os juros hoje pagos em parcelamentos em lojas quanto para uma recompra das geladeiras antigas, para que não sejam revendidas. Minc chegou a dizer, a título de exemplo, que o juro dos empréstimos para a compra das aparelhos novos poderia cair para perto de 1%.Também é necessário definir um subsídio para as empresas que terão que fazer a reciclagem dos eletrodomésticos.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG