O governo português anunciou nesta quarta-feira que injetará 1 bilhão de euros (cerca de 1,4 bilhão de dólares) no primeiro banco do país, a Caixa Geral de Depósitos (CGD).

"Nunca um país necessitou tanto de um banco público como agora", disse o primeiro-ministro José Sócrates no parlamento. "No entanto, ainda há muitos setores da economia que precisam de apoio", acrescentou.

No início de novembro, a Caixa Geral de Depósitos assumiu as operações do nacionalizado Banco Português de Negócios (BPN) e injetou nele 800 milhões de euros (cerca de 1,12 bilhão de dólares). O BPN havia sido afetado por operações fraudulentas estimadas em 700 milhões de euros.

tsc/adp/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.