Brasília, 21 - O governo liberou R$ 15,5 bilhões em financiamentos para o setor agrícola nos três primeiros meses do ano-safra, que começou em julho. Em igual período da safra 2007/08, as liberações somaram R$ 14,2 bilhões, informou o diretor de Economia Agrícola do Ministério da Agricultura, Wilson Vaz de Araújo.

"Do ponto de vista do crédito bancário, estamos numa situação superior", disse. Apesar do aumento no volume financiado, ele lembrou que a greve dos bancários, há mais de duas semanas, é mais um fator que tem prejudicado o acesso ao crédito.

Em nota distribuída pela assessoria de imprensa do ministério, ele lembrou que o governo vai trabalhar para que as liberações continuem dentro das necessidades dos agricultores e das cooperativas agrícolas. O governo já decidiu que vai ampliar em R$ 2,5 bilhões a oferta de crédito para a agricultura com a ampliação da exigibilidade da poupança rural. A liberação depende de autorização do Conselho Monetário Nacional (CMN).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.