Tóquio - O Banco do Japão (BOJ, autoridade monetária) anunciou nesta terça-feira que comprará ações de bancos comerciais no valor de um trilhão de ienes (US$ 11,151 bilhões), na tentativa de capitalizar essas instituições financeiras e estabilizar as bolsas de valores.

Após sua reunião mensal, o banco central do Japão assegurou que intervirá para ajudar as instituições financeiras em suas contas e protegê-las do risco associado aos mercados de valores, algo que não fazia desde 2002, segundo a agência de notícias local "Kyodo".

O BOJ tentará assim melhorar a situação no pregão de Tóquio, depois que o colapso do Lehman Brothers iniciasse um espiral de quedas na bolsa da capital japonesa.

Alguns dos principais bancos do Japão podem ver seus resultados financeiros afetados devido à desvalorização de suas ações e aos maus resultados de suas divisões de bancos de investimento.

Segundo a agência de notícias local, a injeção de capital público será feita em diferentes períodos e durará até o final do ano fiscal de 2009.

No entanto, o BOJ manterá a propriedade das ações junto aos bancos por pelo menos mais dois anos fiscais, até março de 2012.

Leia também:

Leia mais sobre: Japão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.