Tamanho do texto

O governo italiano comandado por Silvio Berlusconi adotou nesta quinta-feira um decreto que modifica a lei de falências para permitir o resgate da Alitalia, revela a imprensa italiana.

O texto, aprovado no conselho de ministros, define o marco legal que permite às grandes empresas em dificuldades e sob administração extraordinária acelerar alguns procedimentos, como as vendas de ativos, contratos e demissões, destaca o jornal econômico Il Sole 24 Ore.

Esta mudança é uma condição indispensável para a concretização do plano de resgate elaborado pelo banco Intesa Sanpaolo para a companhia aérea italiana, que está à beira da falência.

O conselho de ministros adotou ainda um projeto de lei para obter uma reforma profunda da atual lei de falências.

dmu/fp