Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo espanhol vai respeitar entrada da Lukoil na Repsol

O presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, declarou nesta quinta-feira que Madri respeitará a possível entrada da companhia privada russa Lukoil no capital da Repsol.

AFP |

"O governo tem de respeitar os interesses da companhia e as possíveis negociações e a integração de outros sócios", declarou em entrevista à imprensa, depois de vários meios espanhóis indicarem que a Lukoil está negociando com a Repsol YPF a compra de 30% da companhia por 9 bilhões de euros.

"Estamos atentos e velaremos para que, se houver um processo desta natureza, ele seja bem feito e com resultados favoráveis aos interesses estratégicos da Espanha e de uma companhia como a Repsol", advertiu, acrescentando que "é bom que a Repsol tenha bandeira espanhola".

Zapatero destacou ainda que a Lukoil é "uma companhia privada que tem os americanos como principais acionistas. A Repsol é a segunda companhia de petróleo do mundo. Ou seja, 20% das ações da Lukoil são americanos", disse.

A Lukoil quer comprar os 20% da Repsol que são do grupo construtor espanhol Sacyr Vallehermoso, assim como 10% nas mãos de outros acionistas.

fz-esb/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG