Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo espanhol reduz para 1,6% previsão de crescimento em 2008

Madri, 24 jul (EFE).- O Governo espanhol reduziu hoje em sete décimos, até 1,6%, a previsão de crescimento para este ano, e também revisou para baixo, em 1,3 ponto, a de 2009, que situa em apenas 1%, devido à crise econômica.

EFE |

A revisão foi anunciada pela primeira vice-presidente do Executivo, María Teresa Fernández de la Vega, após a reunião do Conselho de Ministros que tomou a decisão.

O segundo vice-presidente e ministro da Economia e Fazenda, Pedro Solbes, explicou que a revisão em baixa se deve a que "as circunstâncias internacionais variaram de forma significativa para pior desde a última revisão, feita em abril".

Ele citou dois fatores: A alta da taxa de juros na zona do euro e o aumento do preço do petróleo, que passou dos US$ 103 o barril em março aos atuais US$ 130.

"Só estes dois fatores justificam os sete décimos de redução", acrescentou Solbes, que disse que não se trata de uma situação que afete só a Espanha, mas também outros países da Europa.

A estes números se somam também os dados negativos do desemprego, que ficaram estimados em 10,4% para 2008 e em 12,5% em 2009.

O ministro da Economia e Fazenda considera que a recuperação poderia começar a partir do segundo semestre de 2009. EFE mlg/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG