Tamanho do texto

Madri, 24 set (EFE).- O Governo espanhol revisou hoje para cima sua previsão da taxa de desemprego para 2011, que estimou em 19,3%, quatro décimos mais do que tinha calculado no último quadro macroeconômico.

Madri, 24 set (EFE).- O Governo espanhol revisou hoje para cima sua previsão da taxa de desemprego para 2011, que estimou em 19,3%, quatro décimos mais do que tinha calculado no último quadro macroeconômico. A segunda vice-presidente do Governo e ministra da Economia e Fazenda, Elena Salgado, anunciou esta revisão da previsão de desemprego na entrevista coletiva posterior ao Conselho de Ministros que hoje aprovou o projeto de lei do Orçamento Geral do Estado para o próximo ano. Elena explicou que os efeitos da crise econômica provocaram que a criação de emprego seja "mais lenta" do que o previsto, embora o Governo mantenha uma estimativa de 0,3% para o próximo exercício. No entanto, a primeira vice-presidente do Governo, María Teresa Fernández de la Vega, acredita que a austeridade dos orçamentos de 2011, junto com a reforma laboral acometida, o projeto de Lei de Economia Sustentável e a futura reforma da previdência, façam o emprego crescer. O Executivo, que mantém a estimativa de um crescimento da economia de 1,3% para 2011, também modificou para baixo sua previsão de investimento, que reduziu para 1,3% contra 1,5% calculado inicialmente. EFE rdm/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.