Tamanho do texto

O governo espanhol aprovou nesta sexta-feira uma lei de retorno voluntário dos trabalhadores estrangeiros para seus países de origem.

Os cidadãos de alguns países latino-americanos e de outros dez poderão ser beneficiados pelas medidas que o governo propõe.

Estas consistem no pagamento adiantado em duas vezes do seguro-desemprego mensal aos estrangeiros que ficaram sem trabalho. O seguro será pago em 40% na Espanha e o restante, quando a pessoa chegar ao seu país.

Para isso, o trabalhador terá que deixar o país 30 dias depois de receber o primeiro pagamento na Espanha e se comprometer a não retornar para trabalhar nos três anos seguintes, segundo um comunicado divulgado nesta sexta-feira pelo Ministério do Trabalho e Imigração.

Passados os três anos, o trabalhador terá preferência para optar por um emprego na Espanha oferecido pelo governo. Aqueles que decidirem retornar para seus países de origem não perderão seus vistos de residência na Espanha.

esb/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.