Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo economiza R$ 118 bi em 2008 e cumpre a meta

BRASÍLIA - O setor público consolidado (governo central, Estados, municípios e empresas estatais) registrou superávit primário de R$ 118 bilhões no ano de 2008, o equivalente a 4,07% do PIB, de acordo com dados do Banco Central divulgados nesta quarta-feira. Dessa forma, o setor público cumpre a meta de superávit primário para o ano, de 3,80% do PIB, já descontando o valor destinado ao Fundo Soberano do Brasil (FSB), que equivale a 0,50% do Produto Interno Bruto. O superávit primário é a economia que o governo faz para o pagamento da dívida e não leva em conta a despesa com juros.

Agência Estado |

Segundo o BC, esse resultado teve a contribuição do governo central com um superávit de R$ 71,3 bilhões, o equivalente a 2,46% do PIB. Os governos regionais fecharam o ano com o superávit de R$ 30,5 bilhões (1,05% do PIB), sendo que a contribuição dos Estados somou R$ 25,9 bilhões (0,89% do PIB). Os municípios tiveram superávit de R$ 4,6 bilhões (0,16% do PIB).

Entre as empresas estatais, o ano terminou com superávit primário de R$ 16,1 bilhões ou 0,56% do PIB. Entre as companhias controladas pelo governo federal, o superávit primário foi de R$ 14 bilhões ou 0,41% do PIB.

Resultado nominal

No resultado nominal de 2008 (nesse caso inclui os gastos com juros), o Banco Central informou que o setor público consolidado teve déficit de R$ 44,3 bilhões no ano passado, o equivalente a 1,53% do Produto Interno Bruto (PIB). O resultado é melhor do que o verificado em 2007, quando o déficit nominal somou R$ 57,9 bilhões, equivalentes a 2,23% do PIB.

A despesa com juros do setor público no ano passado somou R$ 162,3 bilhões, o equivalente a 5,59% do PIB. Em 2007, o gasto com juros havia sido de R$ 159,5 bilhões (6,14% do PIB).

Os governos regionais gastaram com juros 2,27% do PIB em 2008 ante 1,64% do PIB em 2007. Esse crescimento ocorreu basicamente pelos Estados, onde a despesa com juros ficou em 1,92% do PIB ante 1,40% um ano antes.

As empresas estatais federais tiveram receitas com juros de 0,11% do PIB em 2008. Em 2007, elas tiveram receitas 0,17% do PIB com juros, segundo dados divulgados hoje pelo Banco Central. Apenas em dezembro, o setor público gastou com juros R$ 16,7 bilhões, ante R$ 10,8 bilhões em novembro e R$ 12,2 bilhões em dezembro de 2007.

Leia tudo sobre: gasto público

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG