Madri, 11 fev (EFE).- O grupo espanhol Marsans e o Governo argentino alcançaram hoje um princípio de acordo que resolve a situação da Aerolíneas Argentinas, informaram à Agência Efe fontes próximas à negociação.

Trata-se de um pré-acordo, já que nenhum documento foi assinado, embora isso possa acontecer nas próximas horas.

O princípio de acordo contempla que o Governo argentino assumirá um número aproximado de 40 aviões dos 61 contratados pela Marsans da Airbus em novembro, o que liberaria a favor do grupo espanhol 150 milhões de euros da garantia oferecida à fabricante europeia. EFE jf/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.