Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo dos EUA pede que Congresso apóie montadoras de automóveis

Washington, 17 nov (EFE).- O Governo dos Estados Unidos anunciou hoje seu apoio a socorro financeiro para Chrysler, General Motors e Ford e pediu ao Congresso que atue nesta mesma semana em apoio dos fabricantes de veículos automotores.

EFE |

O Congresso já aprovou, meses atrás, o aporte de US$ 25 bilhões destinados à reestruturação da indústria de automóveis, mas agora as empresas querem agora mais dinheiro, e que provenha dos US$ 700 bilhões que os legisladores aprovaram para o socorro financeiro há um mês e meio.

A idéia conta com o apoio dos democratas, que têm maioria em ambas as câmaras do Congresso, mas até agora o Governo Bush se tinha oposto ao uso de parte do dinheiro que obteve dos legisladores para o auxílio às três companhias.

A porta-voz da Casa Branca, Dana Perino, disse hoje que o Governo Bush compartilha as preocupações de muitos "no sentido que não se pode permitir o colapso da indústria" do automóvel.

"O Governo quer que o Congresso adote esta semana a ação apropriada para dar ajuda" às empresas, acrescentou ela, por meio de nota.

O Congresso, que retoma hoje suas atividades, encara a pressão das empresas e dos sindicatos para que atue em apoio de uma indústria que, direta ou indiretamente, gera 3 milhões de empregos.

Segundo o "The Wall Street Journal", General Motors, Ford e Chrysler querem outros U$ 25 bilhões em empréstimos e com propósitos diferentes da cota similar já aprovada. EFE jab/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG