Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo do PR pode subvencionar seguro agrícola do trigo

São Paulo, 16 - O governo do Paraná está disposto a subvencionar parte do seguro agrícola do trigo para estimular o plantio. Hoje, 70% do seguro agrícola é coberto pelo governo federal.

Agência Estado |

Pela proposta apresentada hoje ao setor produtivo pelo secretário de Agricultura, Valter Bianchini, dos 30% restantes o governo do Paraná bancaria metade e o produtor a outra metade. Mas, em troca, pediu à indústria o compromisso de comprar a produção e do produtor de usar tecnologia para produzir um grão de qualidade.

Em nota distribuída por sua assessoria, após encontro com o setor, Bianchini disse que a ideia é discutir a política de incremento na área cultivada de trigo para entrar em vigor ainda este ano. Oficialmente, pelo zoneamento agrícola, o plantio de trigo começa a partir de 10 de março, mas se intensifica mesmo a partir de meados de abril, disse o diretor do Departamento de Economia Rural (Deral), Francisco Simioni. Segundo a nota, o representante da indústria Roland Guth se mostrou receptivo à proposta, argumentando que 85% do trigo moído no Paraná, avaliado em 1,8 milhão de toneladas por ano, é proveniente da produção do Estado.

Os representantes da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep) e Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar) defenderam a necessidade de reajuste no preço mínimo do trigo dos atuais R$ 28,80 a saca de 60 quilos para R$ 36,00 a saca, para remunerar o custo de produção, proposta que será defendida por Bianchini na reunião da Câmara Setorial do Trigo, na próxima quarta-feira, em Brasília. O Paraná cultivou com trigo em 2008 1,139 milhão de hectares e colheu safra de 3,2 milhões de toneladas.

Participaram da reunião, na Secretaria de Agricultura, os diretores do Sindicato da Indústria do Trigo do Paraná, Roland Guth e Romeu Massignan, o representante da Ocepar Robson Mafioletti, o representante da Faep, Pedro Loyola, o diretor do Deral Francisco Simioni e o técnico do Deral, engenheiro agrônomo Otmar Hubner.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG