Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo deve lançar programa de apoio ao extrativismo

Brasília, 11 - Para estimular a preservação do meio ambiente, o governo pretende lançar nos próximos dias uma política de apoio aos produtos do extrativismo. Um dos itens do pacote é a adoção de mecanismos de apoio à comercialização desses produtos.

Agência Estado |

Hoje, em reunião extraordinária, o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou voto que estabelece os preços mínimos para o pequi (R$ 0,21 por quilo nas regiões Norte e Nordeste e R$ 0,31 por quilo para as demais regiões), açaí (R$ 0,61 por quilo), amêndoa de babaçu (R$ 1,46 por quilo) e borracha natural (R$ 3,50 por quilo).

O voto foi apreciado pelo CMN a pedido do Ministério do Meio Ambiente. A estrutura técnica do voto foi elaborado pelo Ministério da Agricultura, que já apóia a comercialização de grãos e algodão. O governo não divulgou mais detalhes sobre a política de apoio ao extrativismo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG