O pacote da habitação nem foi anunciado e já sofreu a primeira baixa. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse ontem que o governo desistiu de reduzir a zero o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) do material de construção.

A informação surpreendeu o mercado, pois a medida era dada como certa. O próprio ministro havia indicado na semana passada, em reunião com empresários para avaliar a crise, que o corte do IPI poderia ocorrer esta semana. Não houve explicações para a reviravolta, mas a causa é evidente: a forte queda da arrecadação em janeiro e fevereiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.