Brasília, 9 - O Ministério da Agricultura publicou hoje quatro portarias no Diário Oficial da União (DOU) descrevendo os zoneamentos agrícolas para o algodão na Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Bahia. Segundo informação divulgada pela assessoria de imprensa do Ministério, dependendo do clima e da duração do ciclo, o algodoeiro necessita de 700 milímetros a 1.

300 milímetros de chuva ao ano e de maior volume de precipitação durante a floração.

A assessoria informou também que a Paraíba cultivou 3,6 mil toneladas de algodão em caroço na safra 2008/2009. No mesmo período, a colheita no Rio Grande do Norte foi de 4,6 mil toneladas; no Ceará, de 2,7 mil toneladas e, na Bahia, de 934,6 mil toneladas - a segunda maior do Brasil.

Estes dados foram computados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O DOU trouxe também o melhor período e os municípios mais aptos para o coco, no Tocantins, e da mandioca, no Pará.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.