Tamanho do texto

LISBOA (Reuters) - O governo português pediu à oposição que apoie seu plano de austeridade de longo prazo após a agência de classificação de risco Fitch reduzir a nota de crédito do país para AA-, nesta quarta-feira. É fundamental que Portugal mostre um esforço político firme na execução do seu programa de crescimento e estabilidade, com vista à correção das finanças públicas e redução do déficit por meio do aumento da competitividade externa, disse o Ministério das Finanças, em email à Reuters.

O Parlamento votará na quinta-feira uma resolução de apoio para o programa, antes que o governo apresente o plano a Bruxelas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.