Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo da França vai comprar parte de dívida de bancos

O governo francês anunciou que planeja comprar 10,5 bilhões de euros em dívidas dos seis maiores bancos do país, numa tentativa de melhorar o fluxo de crédito para a economia. Os bancos escolhidos para receber os fundos são BNP Paribas, Crédit Agricole, Société Générale, Caisse dEpargne, Banque Populaire e Crédit Mutuel.

Agência Estado |

A ação do governo representa a primeira medida pública da França sob o programa de socorro de 360 bilhões de euros anunciado na semana passada. O plano é parte da resposta coordenada dos países da Europa ante a crise global de crédito. A injeção de recursos nos bancos tem o objetivo de estimular a concessão de crédito na economia francesa e assegurar que os bancos mantenham um certo nível de solvência. "O objetivo da operação não é recapitalizar os bancos", disse o presidente do Banco da França, Christian Noyer. "O Estado não está dando um presente aos bancos", acrescentou a ministra das Finanças, Christine Lagarde.

Os recursos virão de um fundo de 40 bilhões de euros destinado a permitir que o governo compre ativos de bancos franceses, num esforço de injetar dinheiro nas operações de crédito, num momento em que os bancos relutam em emprestar uns aos outros. O governo também destinou até 320 bilhões de euros para garantias de crédito. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG