SÃO PAULO - O governo boliviano nacionalizou hoje 100% da petroleira Chaco, alegando fracasso na tentativa de negociação de compra de mais ações da Pan American Energy (PAE), com sede na Argentina, cujo controle de 60% das ações é da British Petroleum (BP). A medida foi baixada por decreto assinado hoje pelo presidente da Bolívia, Evo Morales, segundo informações da Agencia Boliviana de Informacion (ABI).

De acordo com a ABI, a Chaco é uma das principais produtoras de gás liquefeito de petróleo (GLP) do país e também uma das maiores fornecedoras de gasolina e diesel da Bolívia.

Agências internacionais disseram que a Pan American garantiu que vai defender seus direitos, enquanto a BP informou apenas que está acompanhando os fatos.

Após esta operação, o governo boliviano, por meio da estatal YPFB, controla cinco empresas do setor de petróleo e gás, incluindo uma refinaria comprada da Petrobras.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.