Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo chinês comemora controle da inflação, apesar do baixo crescimento

Pequim, 3 nov (EFE).- O Governo chinês comemorou o controle da inflação apesar da desaceleração de crescimento, que pela primeira vez desde 2003 não atingirá duplos dígitos, informou hoje a televisão estatal CFTV.

EFE |

Em declarações recolhidas por esta rede, Ma Jiantang, diretor do Birô Nacional de Estatística, disse que as políticas macroeconômicas flexíveis do país asiático e seu enorme potencial de investimento nacional são "boas razões" para que China supere sem problemas a situação de crise financeira mundial.

Os esforços do Governo por controlar a inflação foram efetivos, com um índice de preços ao consumidor que caiu pelo quinto mês consecutivo.

Em relação ao crescimento do PIB, nos primeiros 9 meses de 2008 ele chegou a 9,9%, que embora represente um arrefecimento frente a 2007, é mais alto que 9,8% de média que o país teve depois das reformas e políticas de abertura, em 1978.

Além disso, Ma afirmou que as reservas de divisas chinesas aumentaram em US$ 370 bilhões: "Nosso país tem a maior capacidade de investimento do mundo e nossa situação de emprego é boa. Podemos dizer tranquilamente que nossas bases econômicas são fortes e que o desenvolvimento econômico continua sem problemas".

O diretor do Birô Nacional de Estatística disse que a infra-estrutura chinesa e os níveis de vida da população melhoraram significativamente desde as citadas reformas.

No entanto, admitiu que o PIB per capita, em comparação, continua sendo baixo, embora tenha ressaltado o enorme potencial de investimento chinês e sua margem de crescimento. EFE jt/ma

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG