Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo central tem superávit de R$ 7,065 bi em julho

O governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) obteve superávit primário de R$ 7,065 bilhões em julho, segundo divulgou nesta tarde o Tesouro Nacional. O superávit ficou abaixo do piso das estimativas dos analistas consultados pela Agência Estado , que iam de R$ 8,100 bilhões a R$ 11,100 bilhões.

Agência Estado |

A única contribuição positiva foi do próprio Tesouro, que realizou um superávit primário de R$ 9,295 bilhões. A Previdência Social teve um déficit de R$ 2,177 bilhões e o Banco Central registrou saldo negativo de R$ 53,2 milhões.

No acumulado dos sete primeiros meses do ano, o superávit primário do governo central totalizou R$ 68,430 bilhões, o que representa 4,19% do Produto Interno Bruto (PIB). No mesmo período do ano passado, o governo central realizou um superávit de R$ 47,793 bilhões, o equivalente a 3,30% do PIB. O superávit primário do Tesouro Nacional de janeiro a julho foi de R$ 88,984 bilhões. A Previdência Social acumulou um déficit de R$ 20,333 bilhões e o Banco Central registrou um déficit R$ 220,9 milhões no mesmo período.

Receitas e despesas

As receitas totais do governo central cresceram 17,67% de janeiro a julho deste ano em relação ao mesmo período de 2007, atingindo R$ 407,789 bilhões, de acordo com dados divulgados nesta tarde pelo Tesouro Nacional. Descontando-se as transferências a Estados e municípios, que somaram R$ 72,504 bilhões no intervalo, a receita líquida do governo central subiu 17,04%, para R$ 335,285 bilhões. Em julho, as receitas totais do governo central somaram R$ 62,844 bilhões e a receita líquida foi de R$ 53,578 bilhões.

As despesas totais do governo central aumentaram num ritmo menor: 11,81% em relação a janeiro-julho de 2007, totalizando R$ 266,854 bilhões. As despesas com benefícios subiram 9,22% no intervalo, as de pessoal, 9,29%, as de custeio, 11,23%, e as de investimento (capital) tiveram alta de 48,59%. Apenas em julho, as despesas totais somaram R$ 46,513 bilhões.

O destaque das despesas de capital foi o Projeto Piloto de Investimentos (PPI), que teve expansão de 105,4%, atingindo R$ 3,3 bilhões de janeiro a julho de 2008 ante R$ 1,6 bilhão no mesmo período do ano passado. Só em julho, os investimentos do PPI totalizaram R$ 585,6 milhões.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG