BRASÍLIA - O Governo Central teve superávit de R$ 8,171 bilhões nos três primeiros meses do ano. Em mesmo período do calendário passado, também houve superávit, de R$ 9,493 bilhões.

BRASÍLIA - O Governo Central teve superávit de R$ 8,171 bilhões nos três primeiros meses do ano. Em mesmo período do calendário passado, também houve superávit, de R$ 9,493 bilhões. Somente o Tesouro Nacional registrou superávit de R$ 22,481 bilhões no trimestre. A Previdência Social verificou déficit de R$ 14,215 bilhões, enquanto o Banco Central teve perdas administrativas de R$ 93,7 milhões. No trimestre encerrado em março, a receita total do governo ficou em R$ 193,556 bilhões, em comparação com os R$ 167,101 bilhões somados em mesmo período do ano passado. As transferências constitucionais a Estados e Municípios somaram R$ 32,618 bilhões no período, de forma que a receita líquida total correspondeu a R$ 160,937 bilhões, enquanto as despesas totais somaram R$ 152,766 bilhões. (Azelma Rodrigues | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.