LONDRES - O Governo britânico lançará na segunda-feira a maior operação de resgate dos bancos, avaliada em 35 bilhões de libras (cerca de 44,1 bilhões de euros), para salvar do colapso quatro das maiores entidades do país, revelou o The Sunday Times.

Segundo esses planos sem precedentes, o Governo poderia se transformar no proprietário de 70% das ações do Halifax Bank of Scotland (HBOS), o principal banco hipotecário do país, e de 50% do Royal Bank of Scotland (RBS).

Prevê-se que esta segunda-feira o RBS, um dos bancos mais castigados pela crise financeira internacional ao cair seu valor da bolsa abaixo dos 12 bilhões de libras (cerca de 15,1 bilhões de euro), peça ao Governo um financiamento de 15 bilhões de libras (18,9 bilhões de euros).

O HBOS, por sua vez, se dispõe a pedir um financiamento de até 10 bilhões de libras (12,6 bilhões de euros).

O Lloyds TSB (em processo de aquisição do Halifax Bank of Scotland) pretende 7 bilhões de libras (8,8 bilhões de euros) e o Barclays, 3 bilhões de libras (cerca de 3,7 bilhões de euros), de acordo com a fonte.

A escala do financiamento poderia levar a que se suspendesse a cotação na Bolsa de Valores de Londres para dar tempo ao mercado de aborsver o impacto das medidas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.