Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo belga injeta 3,5 bilhões de euro no banco KBC

Bruxelas, 27 out (EFE).- O Governo belga decidiu injetar 3,5 bilhões de euros no banco KBC, que sofreu um forte queda na última sessão da bolsa por causa dos rumores sobre sua solvência e liquidez, segundo um comunicado divulgado pela entidade.

EFE |

Espera-se uma confirmação rápida por parte do Governo antes da abertura da Bolsa para evitar que a cotação dos títulos do KBC fique suspensa algumas horas.

O Conselho de ministros extraordinário, presidido pelo titular de Finanças, Didier Reynders, à revelia do primeiro-ministro, Yves Leterme, estuda desde esta manhã a operação.

O grupo bancário e assegurador belga era o único de certo peso no mercado nacional que ainda não tinha recebido assistência pública.

O Estado já tinha tido que acudir o Fortis e a Dexia, uma entidade especializada no financiamento de pequenas empresas. EFE mrn/ma

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG