Brasília, 13 - O governo ampliou o prazo para que o agricultor procure os bancos e peça a renegociação de suas dívidas com base na lei 11.775 (antiga Medida Provisória 432).

O prazo de adesão venceria amanhã e foi prorrogado para 12 de dezembro de 2008. A decisão teria sido tomada hoje, em uma reunião extraordinária do Conselho Monetário Nacional (CMN).

Essa lei prevê alguns tipos de benefício para R$ 75 bilhões em dívidas dos produtores rurais, que devem, segundo o governo, R$ 87,5 bilhões. Entre os benefícios da lei estão a redução de taxa de juros, a ampliação de prazos de pagamento e a concessão de descontos para a quitação ou refinanciamento das dívidas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.