Brasília - O Conselho Monetário Nacional (CMN) vai autorizar o aumento no teto do valor dos imóveis a serem financiados pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) para R$ 500 mil. Atualmente, o teto é de R$ 350 mil.

A autorização será dada amanhã (26) na reunião do conselho, de acordo com o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa. Vamos tomar essa decisão na reunião de amanhã do Conselho Monetário Nacional, informou.

A medida valerá também para imóveis financiados com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Além de aumentar o teto, o CMN também pretende autorizar o financiamento de um percentual maior do valor do imóvel. De acordo com Barbosa, esse percentual, que hoje é de 80%, será revisto para 90% do valor do imóvel. No entanto, a instituição financeira poderá avaliar se adota um percentual maior.

As instituições financeiras não serão obrigadas a financiar 90% do valor do imóvel. O mutuário é que terá que convencer o banco a fazer isso, explicou o secretário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.