Washington, 16 abr (EFE).- O Governo americano reduziu hoje o número de executivos da General Motors (GM), Chrysler, as instituições financeiras GMAC e Chrysler Financial e a seguradora AIG que receberão em 2010 salários de mais de US$ 500 mil.

Washington, 16 abr (EFE).- O Governo americano reduziu hoje o número de executivos da General Motors (GM), Chrysler, as instituições financeiras GMAC e Chrysler Financial e a seguradora AIG que receberão em 2010 salários de mais de US$ 500 mil. As cinco empresas receberam no ano passado bilhões de dólares do Programa de Ajuda de Ativos em Problemas (Tarp, na sigla em inglês) do Departamento do Tesouro americano para garantir sua sobrevivência durante a crise financeira de 2008-2009. Nas regras divulgadas hoje pelo Departamento do Tesouro, o Governo americano estabelece os salários dos executivos das três empresas situados abaixo dos 25 diretores melhor pagos, ao redor de 370 pessoas. Este ano, cerca de 65 diretores verão seus salários reduzidos para ficar abaixo dos US$ 500 mil em dinheiro ao ano. Mesmo assim, os executivos receberão outro tipo de bonificações como ações das companhias para as que trabalham. No mês passado, o responsável pelo escritório de Pagamentos a Executivos do Tarp, Kenneth Feinberg, já anunciou a estrutura de pagamentos que os 25 principais executivos das cinco companhias receberão e disse que em conjunto seus salários serão reduzidos em 15%. EFE jcr/ma
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.