O governo alterou o estatuto social do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), aumentando de cinco para seis o número de diretores. A medida, segundo a assessoria de imprensa do banco de fomento, decorre do crescimento das atividades da instituição.

O decreto alterando o estatuto foi publicado hoje, no Diário Oficial da União (D.O.U.). Para ocupar o cargo de novo diretor, foi indicado Luiz Fernando Linck Dorneles, funcionário de carreira do BNDES.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.