Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo alemão estuda medidas contra Goldman Sachs

O governo alemão estuda adotar medidas legais contra o Goldman Sachs, banco acusado de fraudar investidores, segundo informou hoje o jornal local Welt am Sonntag. O governo norte-americano está investigando o Goldman Sachs de fraude civil por enganar os investidores com relação a um produto financeiro ligado a hipotecas subprime.

AE |

O governo alemão estuda adotar medidas legais contra o Goldman Sachs, banco acusado de fraudar investidores, segundo informou hoje o jornal local Welt am Sonntag.

O governo norte-americano está investigando o Goldman Sachs de fraude civil por enganar os investidores com relação a um produto financeiro ligado a hipotecas subprime. Entre os investidores estava o banco alemão IKB Deutsche Industriebank AG, uma das primeiras vítimas da crise financeira global, que recebeu apoio estatal do banco nacional de desenvolvimento KFW.

Segundo o jornal, o porta-voz UIrich Wilhelm, da chanceler Angela Merkel, afirmou que o órgão regulatório alemã BaFin vai pedir à Comissão de Valores Mobiliários norte-americana (SEC, na sigla em inglês) mais informações sobre o caso. "Depois de uma cuidadosa avaliação dos documentos, examinaremos os passos legais", disse o porta-voz, de acordo com o jornal.

O governo não confirmou a informação. A porta-voz da IKB, Annette Littmann, disse que o banco está ciente das acusações da SEC, mas declinou comentar o assunto.

A Sec informou que o IKB perdeu praticamente US$ 150 milhões investidos. O banco alemão havia registrado perdas em 2007, por causa da crise de subprime nos Estados Unidos. O IKB foi vendido em 2008 para o Lone Star Funds, com sede em Dallas.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG