ousadas contra crise econômica e aquecimento global - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Gore pede ações ousadas contra crise econômica e aquecimento global

Washington, 28 jan (EFE).- O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore pediu ao Congresso que tome ações ousadas contra a crise econômica e o aquecimento global que, segundo sua opinião, têm como origem a dependência do petróleo estrangeiro.

EFE |

Em audiência no Comitê de Relações Exteriores do Senado, Gore disse que o planeta enfrenta um "grave perigo" pela mudança climática. Além disso, os EUA devem enfrentar também a pior crise econômica desde a Grande Depressão e a ameaça terrorista.

Segundo Gore, prêmio Nobel da Paz, as soluções às crises climática, econômica e de segurança nacional são as mesmas.

Como parte disso, ele pediu que o Congresso aprove imediatamente o plano de estímulo econômico de US$ 825 bilhões proposto pelo presidente Barack Obama.

O plano, que será votado hoje na Câmara de Representantes, inclui investimentos "sem precedentes" nas áreas de independência energética, fontes de energia renováveis e promoção de veículos ecológicos.

"Esses investimentos criarão milhões de empregos e agilizarão nossa recuperação econômica, consequentemente fortalecendo nossa segurança nacional e começando a resolver a crise climática", argumentou.

O ex-vice-presidente pediu a aprovação de uma lei que impõe limites à emissão de gases do efeito estufa, o que fará com que os EUA assumam uma liderança na nova rodada de negociações para um acordo internacional sobre a mudança climática, em reunião das Nações Unidas no próximo mês de dezembro em Copenhague, na Dinamarca.

Sob a Presidência de George W. Bush, os EUA se negaram a ratificar o Protocolo de Kioto, em 1997. A decisão originou críticas da comunidade internacional porque o país é um dos que registra maiores emissões de gases tóxicos no mundo. EFE mp/dp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG