SÃO PAULO - O Google informou nesta quinta-feira que o acesso ao seu mecanismo de busca e a plataforma de publicidade foram completamente bloqueados na China. Outros serviços também foram afetados parcialmente, como o banco de imagens e o de busca por notícias. O Gmail, serviço de email, no entanto, permaneceu funcionando normalmente.

A interrupção do serviço foi a primeira desde a renovação da licença no início deste mês, o que permitiu a empresa manter as operações no país. No início de julho, a Guxiang, empresa que opera as páginas do Google na China, foi incluída na lista de mais de 200 companhias que tiveram suas licenças renovadas. (Tatiana Schnoor | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.