Tamanho do texto

Depois de um mês de investigação pelo Departamento de Justiça dos EUA, o Google decidiu pôr fim ao seu acordo de busca com o Yahoo! nesta quarta-feira, citando as preocupações dos consumidores e agentes reguladores. Prosseguir com o acordo significaria correr o risco não apenas de entrar numa prolongada disputa jurídica, como também de estragar as relações com parceiros valiosos.

Isso não faz parte dos interesses de longo prazo do Google ou de nossos usuários, portanto decidimos encerrar o acordo", escreveu o diretor do departamento jurídico da companhia, David Drummond.

Google e Yahoo! fecharam o acordo em junho, quando o Google rejeitou uma nova oferta da Microsoft. O acordo permitia ao Yahoo! apresentar anúncios de busca vendidos pelo Google e compartilhar alguma receita, mas muitos anunciantes e parceiros do Google expressaram preocupação com a possibilidade de o pacto resultar em aumento de preços para os anúncios de busca e de dar ao Google controle excessivo sobre esse mercado.

Em comunicado, o Yahoo! disse que continua acreditando nos benefícios do acordo e que está desapontado com a escolha do Google de pôr fim ao pacto em vez de defendê-lo nos tribunais. Yahoo! acrescentou que a decisão não muda seu compromisso em crescer no mercado de busca. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.