Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Goldman eleva recomendação para ADRs da Vale

O banco de investimentos Goldman Sachs elevou a recomendação para os ADRs (ações negociadas na Bolsa de Nova York) ON (ordinárias) e PN (preferenciais) da Vale, de neutra para compra. O banco reduziu, no entanto, o preço-alvo dos papéis, de US$ 44 para US$ 42 no caso dos ADRs ON e de US$ 37 para US$ 36 nos ADRs PN.

Agência Estado |

Os ADRs ON eram cotados a US$ 28,81, com queda de 6%, e os PN a 25,16, com queda de 6,01%.

De acordo com o Goldman, os ADRs da Vale vem apresentando desempenho inferior ao de outras mineradoras, sugerindo que o papel tem espaço para subir. Segundo o banco, "há espaço para as ações da Vale ultrapassarem o desempenho de suas rivais no curto prazo".

Além disso, o Goldman Sachs acredita que, mesmo se houver uma desaceleração econômica na China, com queda de 40% nos preços dos metais e de 13% nas commodities de grande consumo, a relação entre o valor da empresa e o Ebitda (sigla em inglês para lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficaria em 7,4 vezes, ainda dentro de sua faixa histórica.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG