SÃO PAULO - A Gol Linhas Aéreas registrou em maio aumento de 14,5% no movimento de passageiros em relação ao mesmo período do ano passado. No mercado doméstico, a elevação correspondeu a 14,9%, demanda recorde para os meses de maio na comparação anual.

Em comunicado ao mercado, a companhia aérea destacou a maior frequência de voos comerciais no período, já que maio é historicamente um mês de baixa temporada para turismo. Considerando voos internacionais, a demanda cresceu 11,5% na mesma base de comparação, resultado que a Gol atribuiu à retomada da atividade econômica na América do Sul, com voos para Argentina e Chile, além do aumento do tráfego para a região do Caribe. As demandas nos mercados doméstico e internacional, apresentaram queda de 7,5% e 9% respectivamente, em relação a abril por conta da sazonalidade. Em maio não houve feriado prolongado, enquanto no mês anterior, Paixão de Cristo e Tiradentes renderam quatro dias de folga. A oferta de assentos em maio, na comparação anual, cresceu 11,5%, com taxa de ocupação total elevada em 0,5 pontos percentuais, alcançando 58,4% no mês. Os yields - valor médio pago por quilômetro de voo - apresentaram alta, ficando próximos aos R$ 21,50, ligeiramente acima das perspectivas financeiras da companhia. (Ana Luísa Westphalen | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.