Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

GM suspende pagamentos de plano de pensão nos EUA

DETROIT (Reuters) - A General Motors vai suspender pagamentos a planos de pensão de funcionários conhecidos como 401K a partir de 1o de novembro e continua avaliando as necessidades de seus empregados como parte de esforços para conservar recursos em um momento de queda profunda de vendas, informou a montadora. O porta-voz da GM, Tom Wilkinson, informou que a companhia pode retomar os pagamentos do programa 401K se as condições de negócios da companhia melhorarem.

Reuters |

A maior montadora dos Estados Unidos, que teve prejuízo de 51 bilhões de dólares ao longo dos últimos três anos, informou em julho que levantaria 15 bilhões de dólares em liquidez ao longo de 2009 por meio de uma série de medidas que incluem uma redução de 15 por cento no número de funcionários assalariados na América do Norte.

A GM informou que não tem um número final de funcionários que aceitaram aderir ao programa de aposentadoria antecipada e pacotes de demissão voluntária. A empresa não comentou se precisará fazer afastamentos involuntários para atender à meta de redução de pessoal.

As vendas da GM nos Estados Unidos em setembro caíram 18 por cento em relação ao mesmo período do ano passado, afetadas por aperto no crédito, fraqueza da economia e crise do mercado imobiliário. A capacidade de a empresa lidar com a crise econômica tem sido cada vez mais avaliada.

(Por Soyoung Kim)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG