Washington, 13 out (EFE).- A Standard & Poors anunciou hoje que mantém a qualificação de crédito da General Motors em CreditWatch, com implicações negativas, apesar das informações publicadas nos últimos dias sobre uma possível fusão com a Chrysler.

"A colocação em CreditWatch não é influenciada de forma imediata pela possibilidade de uma combinação ou aliança entre GM e Chrysler apesar da economia potencial, mas também por riscos maciços de execução", afirmou o analista de crédito da Standard & Poor's, Robert Schulz, em comunicado.

Schulz disse ainda que suas preocupações a respeito da montadora "são mais imediatas: a pressão sobre a liquidez da GM durante 2009 devido ao rápido enfraquecimento do estado da maioria dos mercados globais do automóvel e o estado ajustado dos mercados de capitais".

O analista também afirmou estar "cético de que uma transação GM-Chrysler gere um aumento substancial da atual liquidez das partes envolvidas que possa responder facilmente" à sua principal preocupação.

Assim, a S&P disse que considera que a GM tem "liquidez adequada" para o restante de 2008, mas que "a deterioração acelerada dos elementos básicos do setor será um grave desafio para a liquidez durante 2009". EFE crd/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.