Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

GM prepara corte de 2 mil funcionários nos EUA e no Canadá

EUA - A General Motors afirmou que fará um corte de aproximadamente 2 mil funcionários de fábricas no Canadá e nos Estados norte-americanos de Ohio e Michigan no início do ano que vem.

Redação com agências |

 

Além disso, nesta sexta-feira, no Congresso dos EUA, o executivo-chefe da GM, Rick Wagoner, atribuiu os problemas financeiros da montadora a "ônus do passado", afirmando que os planos de saúde para aposentados e outros custos herdados sobrecarregaram o balanço financeiro da empresa.

Wagoner afirmou a membros do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara que as operações da montadora no exterior estão financeiramente mais fortes do que as operações domésticas, por causa dos custos das pensões e dos planos de saúde para aposentados associados com os contratos sindicais nos EUA.

"Quando entramos em novos mercados, entramos em uma base não onerada", disse o executivo. Wagoner observou que a GM trabalhou com a United Auto Workers (UAW), sindicato dos metalúrgicos da indústria automotiva dos EUA, para reduzir significativamente aqueles custos nos últimos anos.

(Com informações da Dow Jones)

Leia tudo sobre: gm

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG