Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

GM pode cortar milhares de funcionários nos EUA, diz agência

CHICAGO - A General Motors está desenvolvendo um plano para demitir até 5 mil funcionários assalariados em um movimento para cortar custos até 31 de março, prazo final para a ajuda de 13,4 bilhões de dólares oferecida à montadora pelo governo norte-americano, informa a Bloomberg.

Reuters |

O volume de cortes pode se equiparar ao total de empregados regulares demitidos em 2008, afirma a agência, citando fontes próximas do plano. A companhia vai incluir o plano em um relatório de progressos que será entregue em 17 de fevereiro ao governo dos Estados Unidos.

Um porta-voz da GM não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

A GM, que viu suas vendas despencarem 49 por cento em janeiro, afirmou em dezembro que enfrenta possibilidade de colapso no curto prazo se não receber ajuda governamental. A companhia recebeu 9,4 bilhões de dólares em financiamento de emergência como parte de um plano de resgate aprovado pelo governo norte-americano em dezembro.

A montadora de veículos tem até 31 de março para demonstrar ao governo que é comercialmente viável.

Leia mais sobre GM

Leia tudo sobre: gm

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG