Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

GM nega ter retomado conversas para fusão com Chrysler

Washington, 18 dez (EFE).- A General Motors (GM) negou hoje que haja reiniciado conversas com a Chrysler para uma possível fusão das duas empresas e reafirmou que no momento está concentrada em melhorar sua situação financeira.

EFE |

O jornal "The Wall Street Journal" disse, em sua edição de hoje, que as duas empresas haviam reiniciado conversas depois que o sócio majoritário da Chrysler, o fundo de investimentos Cerberus, aceitasse ceder parte de sua participação na montadora.

O porta-voz da General Motors, Tony Cervone, negou à Agência Efe a veracidade da informação.

"Não estamos em conversas sobre uma fusão com a Chrysler", assinalou Cervone através de um e-mail.

"Em novembro declaramos que qualquer conversa relacionada com uma possível fusão tinha sido estacionada para que pudéssemos nos concentrar na situação de liquidez. Isso segue assim", acrescentou Cervone.

O "Wall Street Journal" especulou que o Cerberus estaria interessada em reiniciar as conversas com a GM para mostrar à Casa Branca sua disposição de cooperar na reestruturação do setor e para proteger seus investimentos nos braços financeiros da General Motors (GMAC) e da Chrysler (Chrysler Financial).

Hoje, o presidente americano, George W. Bush, admitiu que está considerando uma "quebra controlada" de algumas das "Três grandes de Detroit". EFE crd/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG