Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

GM fechará temporariamente fábricas na Coreia do Sul devido à crise

Seul - A fabricante de veículos GM Daewoo, a unidade sul-coreana da General Motors, disse nesta terça-feira que fechará temporariamente várias de suas fábricas na Coreia do Sul, por causa da queda da demanda em decorrência da crise econômica global, informou a agência Yonhap.

EFE |

A companhia fechará de forma temporária no final deste mês suas fábricas da cidade de Bupyeong, perto de Seul, e Gunsan, ao sudoeste da capital sul-coreana, para controlar seus níveis de produção.

"Estamos tomando medidas temporárias para recortar a produção para enfrentar as condições do mercado", disse um porta-voz da GM Daewoo citado pela "Yonhap".

A companhia não especificou, no entanto, por quantos dias planeja manter fechadas as fábricas.

A imprensa sul-coreana afirma que uma das fábricas de Bupyeong, que produz o esportivo Winstorm e o sedan Tosca, se manteria fechada durante 22 dias; uma outra, que fabrica o compacto Gentra, ficaria oito dias sem funcionar.

As vendas de veículos desta divisão sul-coreana da GM caíram 50,5% em janeiro, até 45.842 unidades, segundo dados divulgados pela companhia.

Já as vendas nacionais retrocederam, em janeiro, 20,4%, enquanto as exportações foram 53,6% inferiores, até as 38.928 unidades, com relação ao mesmo mês do ano passado.

Leia mais sobre GM

Leia tudo sobre: gm

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG