Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

GM fechará produção de veículos em Wiscosin antes do esperado

SÃO PAULO - A General Motors (GM) vai parar a produção de utilitários esportivos na fábrica em Janesville, Wiscosin (EUA). O porta-voz da empresa, Chris Lee, informou que a produção dos veículos na fábrica na região será encerrada em 23 de dezembro, mais cedo do que o previsto pela montadora.

Valor Online |

A planta em Janesville, que emprega 1,2 mil trabalhadores representados pelo sindicato United Auto Workers (UAW), também fabrica caminhões de médio e pequeno porte. Essa linha ficará ativa até atender a uma encomenda para a Isuzu, possivelmente até maio ou junho. Depois disso, as operações serão fechadas.

A medida foi tomada devido à queda nas vendas de automóveis nos Estados Unidos.

No fim de semana, cresceram os rumores de que a GM e a Chrysler discutiam uma possível fusão. Tanto o New York Times (NYT) como o Wall Street Journal (WSJ) reportaram que a GM esteve dialogando com o Cerberus Capital Management, empresa de private equity que controla a Chrysler.

Na matéria publicada no sábado, o NY Times notou que, se houver uma fusão entre GM e Chrysler, a operação teria amplo impacto na indústria automobilística dos Estados Unidos. O jornal recordou que ambas montadoras estão perdendo participação de mercado no país e gastando bilhões de dólares enquanto tentam remodelar suas operações não-lucrativas na América do Norte. A publicação levantou a chance de as duas empresas enfrentarem um eventual colapso antes de os esforços de reorganização terem efeito.

As ações da GM fecharam com alta de 33,13% hoje em Nova York (US$ 6,51), em dia de recuperação generalizada dos índices no país.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG