Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

GM e Chrysler: um último fôlego para cumprir metas de reestruturação

A General Motors (GM) e a Chrysler, duas gigantes do setor automotivo americano, lutavam nesta segunda-feira para obter novas concessões dos sindicatos, um dia antes de apresentar ao governo um relatório preliminar em busca de novos créditos.

AFP |

 

A porta-voz da GM, Sherryl Childers-Arb, disse que a companhia mantém as esperanças de conseguir um acordo com o sindicato United Auto Workers (UAW) dentro do prazo para apresentar seu plano ao departamento do Tesouro, na terça.

Chrysler e UAW, por sua vez, preferiram não fazer comentários sobre as negociações.

As duas empresas ficaram à beira da falência no fim de 2008, quando receberam empréstimos do governo sob a condição de apresentar um plano de reestruturação e viabilidade, cujo primeiro informe deveria ser entregue ao Tesouro no dia 17 de fevereiro.

A Chrysler anunciou que precisa de mais 3 bilhões de dólares, além dos 4 bilhões recebidos em dezembro.

Já a GM obteve dos cofres do governo 9,4 bilhões de dólares, e deve pedir mais alguns bilhões em breve.


 

Leia tudo sobre: chryslergm

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG