Tamanho do texto

A General Motors (GM) e a Chrysler vão tomar empréstimos do governo dos EUA para permanecerem solventes até março, sob um plano de resgate elaborado pelo governo Bush. O plano pode ser revelado nesta sexta-feira, segundo a agência Bloomberg, que cita fontes familiarizadas com as conversas.

De acordo com as fontes, que pediram para não serem identificadas, o governo poderá pegar o dinheiro de volta caso as montadoras não cumpram as condições estabelecidas para o recebimento dos recursos.

O plano ainda não estaria finalizado e poderia sofrer mudanças. A ajuda do governo evitaria a falência de ambas as montadoras, que correm o risco de ficar sem dinheiro já no começo do próximo ano. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.