Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

GM e Chrysler devem apresentar plano de viabilidade e pedir mais ajuda

SÃO PAULO -A General Motors (GM) e a Chrysler devem apresentar hoje ao governo dos Estados Unidos seus planos de recuperação como parte do acordo para receber ajuda financeira federal. O jornal New York Times (NYT) revelou que executivos da GM tiveram negociações intensas ontem com representantes do sindicato United Automobile Workers (UAW) sobre como cortar as contas relativas a cuidados com saúde de aposentados. Pessoas a par do conteúdo do programa de reestruturação da GM disseram ao NYT que a empresa deve enxugar mais sua força de trabalho, fechar fábricas na América do Norte e reduzir sua linha de marcas.

Valor Online |

A Chrysler, por sua vez, deve incluir em seu plano corte em suas operações manufatureiras nos Estados Unidos para tentar convencer políticos e contribuintes americanos de que pode sobreviver.

O jornal britânico Financial Times (FT) reportou que tanto a GM como a Chrysler devem deixar claro de que precisam mais apoio do governo do que os recursos aprovados em dezembro do ano passado. Até agora, a GM aceitou US$ 13,4 bilhões em empréstimos e a Chrysler, US$ 4 bilhões.

Ontem, circularam notícias de que o presidente dos EUA, Barack Obama, teria desistido de nomear um "czar dos automóveis" para supervisionar o socorro financeiro às montadoras. A ideia agora seria formar uma força-tarefa para tratar a questão, contando com o secretário do Tesouro, Timothy F. Geithner, e o presidente do Conselho Econômico Nacional, Lawrence H. Summers.

Na noite de segunda-feira, o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, confirmou que Obama formará um painel de especialistas para acompanhar a reorganização do segmento automobilístico. Ele comentou que nomear uma equipe traz uma gama de pessoas com conhecimento e capacidade de lidar com vários desafios que a indústria irá enfrentar nos próximos meses.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG