Tamanho do texto

As montadoras americanas General Motors e Chrysler aproximaram suas posições a respeito das grandes linhas de um acordo de fusão, mas ainda restam muitos detalhes para acertar, informaram à AFP fontes ligadas à negociação.

"É um acordo muito complexo", explicou uma das fontes, antes de destacar que a operação ainda não foi concluída.

"Não parece iminente", minimizou um diretor de Chrysler, que pediu anonimato.

str-mso/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.