SÃO PAULO - A General Motors (GM) deve anunciar nesta terça-feira mais cortes de pessoal e novas medidas visando a lidar com a queda nas vendas nos Estados Unidos e a melhorar seu desempenho financeiro.

Ontem à noite, a montadora disse que seu executivo-chefe, Rick Wagoner, tem marcado para hoje discutir mudanças na empresa. O porta-voz da GM, Dan Flores, comentou que Wagoner poderia anunciar uma série de ações para alinhar as atividades com as atuais condições de mercado.

Flores negou que a GM está perto da insolvência, segundo matéria publicada hoje no New York Times (NYT). A proteção contra credores não é uma opção que a GM está considerando, sustentou.

A imprensa americana reportou que existe pressão em Wall Street para que a montadora tome mais iniciativas para impulsionar seu balanço.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.