O fabricante de automóveis americano General Motors apresentou nesta terça-feira em Detroit (Michigan, norte dos Estados Unidos), dia em que comemora seus 100 anos, a versão de série de um novo tipo de veículo híbrido batizado Chevrolet Volt.

"A GM tem um futuro brilhante. Apresentar a versão de série do Chevy Volt é uma charmosa maneira de abrir nosso segundo século", afirmou o presidente de GM, Rick Wagoner, tentando esquecer as graves dificuldades financeiras atuais da primeira empresa de automóveis dos Estados Unidos.

Segundo Wagoner, o Volt é exatamente o tipo de inovação tecnológica de que nossa indústria precisa para responder aos desafios energéticos e ambientais de hoje e de amanhã.

A GM -que pretende iniciar a produção do Volt no fim de 2010 nos Estados Unidos- está negociando ajudas do governo para este carro menos poluente.

O Volt é diferente dos modelos híbridos "tradicionais", como a Prius do japonês Toyota, muito popular nos Estados Unidos.

"O Volt não é como os veículos híbridos, que funcionam basicamente à gasolina, mas um verdadeiro veículo elétrico", afirmou o vice-presidente Robert Lutz sobre o Chevrolet Volt.

Os veículos híbridos possuem dois motores, um elétrico e um térmico, e o segundo aciona o primeiro sem intervenção do motorista.

O Volt possui um único motor, elétrico. Ele pode rodar 60 km graças a uma bateria de litio-íon. Depois, a eletricidade necessária para seus deslocamentos é produzida por um gerador que funciona com base no E85 (uma mistura de 85% de etanol e 15% de gasolina).

str/hh/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.