Tamanho do texto

SÃO PAULO - O sindicato United Auto Workers (UAW) alcançou ontem acordos preliminares com as montadoras General Motors (GM), Chrysler e Ford com relação a alterações em pactos trabalhistas coletivos de 2007.

"As mudanças vão ajudar as empresas a enfrentar o clima econômico extremamente difícil", observou o sindicato em nota.

As empresas negociavam com o sindicato uma série de reduções de custos trabalhistas, mas ainda há questões pendentes.

A notícia foi conhecida no mesmo dia em que a GM e a Chrysler apresentaram seus planos de reestruturação ao governo dos Estados Unidos, condição exigida para receberem ajuda financeira federal.

(Valor Online, com agências internacionais)