A GM está em busca de financiamento para uma fusão com a Chrysler. De acordo com o Wall Street Journal, a companhia e a Cerberus Capital Management, dona de 80,1% da Chrysler, ofereceram fórmulas aos investidores com a promessa de uma economia de US$ 10 bilhões.

A maior parte dessa redução de despesas viria da eliminação de 40 mil postos de trabalho, assinalou o diário. GM e Chrysler buscam uma fusão no momento em que algumas agências de classificação de risco, como a Standard & Poors, alertam que as fabricantes de automóveis podem ficar sem dinheiro no próximo ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.